O que é a Eletrodeionização (EDI)?

A EDI é uma tecnologia que combina resinas de troca iônica e membranas de seleção iônica com corrente contínua para remover os íons da água.

O seu desenvolvimento e utilização na purificação da água combateu algumas das limitações da resina de troca iônica, em particular, a liberação de íons à medida que a resina se esgota e a necessidade associada de substituir ou regenerar as resinas.

Como a EDI remove os íons da água

O processo de troca iônica remove eficazmente os íons da água, trocando-os por íons H+ e OH-. A água passa por uma ou mais câmaras cheias com resinas de troca iônica entre as membranas seletivas de cations ou anions.
 
Os íons que se ligaram às resinas de troca iônica migram para uma câmara distinta sob a influência de um campo elétrico de aplicação externa. Este processo também produzem os íons H+ e OH- necessários para manter as resinas no seu estado regenerado. Os íons na câmara distinta são eliminados como desperdício.
 
A resina de troca iônica nos sistemas EDI são regeneradas continuamente, por isso não se esgotam da mesma forma que a resina de troca iônica, que são utilizadas no modo de lote.

Vantagens e restrições

Vantagens:

  • Remove íons dissolvidos, 5-17 MΩ-cm, TOC <20 ppb
  • Não são necessárias substâncias químicas para a regeneração das resinas
  • Não são eliminadas substâncias químicas ou resinas

Restrições

  • Remove apenas um número restrito de partículas carregadas, não pode produzir água de Tipo I de 18,2 MΩ-cm /.
  • Normalmente requer água tratada por osmose reversa

Qual a qualidade da água que você precisa? 

Encontre o seu sistema ideal