Como funciona a radiação ultravioleta (UV)? 

A radiação UV é amplamente utilizada como bactericida e para a decomposição e foto-oxidação de contaminantes orgânicos para espécies polares e ionizadas para a subsequente remoção por troca iônica.

Como UV foto-oxida contaminantes orgânicos e é eficaz contra as bactérias?

As lâmpadas UV utilizadas em sistemas de purificação de água para laboratório são lâmpadas de mercúrio de baixa pressão, que produzem radiação com um comprimento de onda de 254 nm. Este comprimento de onda conta com a mais eficaz ação bactericida, pois danifica a polimerase do ADN e ARN com dosagens reduzidas, impedindo assim sua replicação.
 
A radiação a comprimentos de onda mais reduzidos (185 nm) é mais eficaz para a oxidação de substâncias orgânicas, uma vez que decompõe as moléculas orgânicas de grandes dimensões em componentes ionizados menores. Podem, em seguida, ser removidos por esferas de resina de troca iônica de alta pureza a jusante.

Vantagens e restrições

Vantagens:

  • Oxidação de compostos orgânicos (185nm e 254nm) para alcançar níveis TOC de <5 ppb
  • Tratamento bactericida eficaz

Restrições

  • A foto-oxidação de substâncias orgânicas é um passo de polimento que só pode reduzir os níveis TOC de forma restrita
  • Não tem influência em íons, partículas e coloides
  • A resistividade da água é reduzida como resultado do CO2 liberado pela foto-oxidação, uma vez que produz H2CO3 (H+, HCO3-)

De qual qualidade de água você precisa?

Encontre o seu sistema ideal